O que faz uma doula e como ela atua?

Post_Doula
Trechos da entrevista concedida pela jornalista e doula Kalu Brum

Imagem: doulamatch.net

1- O que é uma doula?

Kalu: Doula é uma acompanhante especializada para o parto, uma pessoa com conhecimento sobre a realidade obstétrica de sua região que pode orientar a mulher para a melhor escolha de equipes humanizadas para que a parturiente tenha a melhor experiência de parto possível. O trabalho principal da Doula é no trabalho de parto. Como a profissional conhece as etapas e desafios do parto, ela sugere posições, incentiva a mulher, acalma, traz para cena de parto o acompanhante e faz a mediação entre o casal e a equipe obstétrica. Segundo as evidências científicas a presença desta profissional na cena de parto reduz os pedidos de analgesia, de uso de fórceps e até mesmo de cesariana. A doula não pode e nem deve fazer nenhum procedimento médico como ausculta, exames de toque. O principal papel da doula é trabalhar para o empoderamento da mulher para que essa tome suas decisões e tenha a Doula para lembra-la de suas escolhas e minimizar os impactos da violência do sistema obstétrico.

2- Qual o momento ideal para procurar por uma doula e contrata-la?

Kalu: Acredito que não existe momento ideal, mas momento possível. O problema é que muitas mulheres elegem seus obstetras de anos como seus ginecologistas. É uma relação paternalista difícil de ser desfeita. Muitas vezes esses profissionais dizem que vão fazer tudo o que as mulheres querem, mas acabam fazendo o que sabem. Indicam cesáreas pelos motivos mais absurdos e sem respaldo científico. Além de muitas mulheres terem partos normais cheios de intervenções desnecessárias e violentas. Algumas mulheres rompem com esses médicos nas mais variadas idades gestacionais. Em geral aí que procuram a Doula para receberem indicações de profissionais alinhadas ao desejo de um parto humanizado. Mas cada dia mais as mulheres tem procurado a doula no início das gestação. Tenho muitas também que me contatam antes mesmo de engravidarem. Para mim esse seria o ideal! A hora de fechar o contrato é igualmente idiossincrático. Mas a partir de 20 semanas, sendo vontade e possibilidade do casal, é um bom tempo.

3- Qual sua função durante a gestação?

Kalu: Na gestação a Doula é uma Coacher: escuta o que a mulher/casal pede e apresenta caminhos. A doula tira duvidas sobre fisiologia do parto, sobre questões emocionais. Mas o principal é criar um vinculo afetivo com essa mulher para que possa ajudar com todas as técnicas e experiência, mas sobretudo ser uma alma humana diante de outra.

4- Qual o papel da doula durante o parto?

Kalu: O papel da doula durante o parto é fundamental. Essa profissional com uma presença muito tranquila funciona como uma facilitadora. Quando a mulher começa com as contrações a Doula orienta o casal por telefone até o momento escolhido por eles que ela se dirige à casa deles. Permanece lá ajudando com as bagagens da saída, mantendo a mulher calma, alimentada, descansada. Acalmando o acompanhante. Na hora que o casal achar pertinente, a doula vai para a maternidade, ajudando que esse momento que é bem estressante seja o mínimo possível. Assim que estão no quarto, a doula atua com elemento que ajudam na liberação de ocitocina: local quente, luz baixa, aromas escolhido pela mulher, massagem. Orienta nas posições que ajuda a mulher descansar, sugere chuveiro, prepara a banheira. Com palavras de incentivo fortalece as escolhas da mulher. O período de transição a doula é fundamental porque em geral as mulheres pedem anestésicos. A doula com muita massagem, amor, firmeza ajuda a mulher a passar por esse momento delicado do parto. Em geral a doula vai embora quando todos estão vestidos e alimentados.

5- Pesquisas mostram que o parto em que uma Doula está presente tende a ser mais rápido e necessitar de menos intervenções médicas. Segundo sua experiência o que você tem a dizer sobre essa informação?

k: Sobre o tempo do trabalho de parto acho que isso é muito relativo. O que é rápido? O que é lento? Tem mulheres com propormos longos e doloridos e trabalhos de parto rápidos. Tem o contrario. Tem quem tem tudo rápido. Tudo mais lento. É o tempo desta mulher e a presença da doula ajuda com o respeito ao processo idiossincrático. O sistema costuma dizer: dilate 1 cm por hora. A doula procura fazer que esse tempo, independentemente de qual seja, tenha significado, seja o mais prazeroso e natural possível. Com certeza a presença da Doula diminui o risco de intervenções. Em geral a cascata de intervenções começa na anestesia. Para pouquíssimas mulheres a anestesia facilita o parto. Em geral a anestesia leva a uma parada de ritmo do trabalho de parto, dificulta na descida do bebê, o bebê,s em a resistência do útero acaba girando para o lado errado ou fica com posição inadequada da cabeça. Por isso brincamos que somos a epidoulal. Mesmo quando há uso de anestesia a Doula ajuda a mulher a se manter ativa para minimizar os efeitos acima citados. de 189 partos assistidos menos de 10% tiveram uso de anestesia, foram 5 fórceps ou vácuo e menos de 10% de cesáreas.

6- Como escolher a doula?

k: A escolha da Doula é muito pessoal . Você precisa sentir empatia, gostar da presença daquela pessoa. Vocês vão passar muito tempo juntas. Vale conhece-la em situações variadas. Não existe doula melhor ou pior, existe aquela que você teve mais empatia.

7- Qual o custo, em média, do trabalho de uma doula?

k: O custo médio de uma Doula é próximo do valor do salário mínimo.

Fonte: Olhar Mamífero

Deixe um comentário

* Campos obrigatórios. Seu endereço de email não será publicado.